sábado, 13 de fevereiro de 2010

Bayonetta



Nota = 9,5

É pessoal, o jogo é bom mesmo. Nunca fui um grande fã de Hack'n Slash, joguei Devil May Cry, experimentei Dinasty Warriors, e vi Ninity Nine Nights, mas nunca com tanto afinco como algumas pessoas que realmente gostam dessas séries. Então, porque um cara como eu vem falar de Bayonetta? Continue lendo e veja porque...

 
"You want to touch me?"

Vou dizer que Bayonetta foi o game mais difícil que eu já joguei nessa geração. Esse é um jogo que te coloca em mais batalhas contra chefes do que batalhas normais, até porque quase todos os chefes do jogo serão inimigos "normais" futuramente no jogo. Você vai estar batalhando o que se assume ser o chefe conclusivo de um cápitulo, só para descobrir que no próximo ele é mais um inimigo comum. Existem os modos Very Easy e Easy com uma função 'automatica' que deixa o jogo bem simples, pois só é necessário apertar um botão para que Bayonetta mande seus melhores combos. Eu recomendo o Normal, para pessoas normais(óbvio), e  terminando o jogo é adquirido o modo Hard(que eu tenho vontade, mas não coragem para jogar ainda) e acima do Hard existe o 'Non-Stop Infinite Climax' que deve fazer até Kratos chorar como uma garotinha.
Outra coisa boa de Bayonetta é que o criador, Hideki Kamiya(Devil May Cry), sabe como dividir a dificuldade durante o jogo, e não deixa aquela sensação de "ahh morri, tudo de novo não!', mas pelo contrário, você quer é voltar e acabar com os malditos que te fizeram ver a tela de continue. Coisas como a simples idéia de juntar o bullet-time(nese caso 'Witch Time') com o sistema de bloqueio do jogo - sendo que quando você esquiva de um golpe no ultimo segundo você tem um tempo para atacar os inimigos em slow-motion - são uma prova de que Kamya sabe usar seus truques.

 
Muitos japoneses morreram de hemorragia nasal...

Gráficamente o jogo é muito bonito, mais ainda os cenários que são muito bem feitos. As cutscenes são muito legais variando de videos a slides com voz, tudo com um estilo bem do jogo mesmo. A personagem principal, Bayonetta, é ótima(em todos os sentidos) e a voz da dublagem em inglês ficou muito legal.
Qualquer jogador que não seja um supermutante com um controle em mãos deve demorar em média umas 10 ~ 12 horas para terminar o jogo(no normal). A Platinum Games também colocou vários extras no jogo que podem ser adquiridos com Halos(dinheiro do jogo), sendo que alguns serão impossíveis de se conseguir zerando somente uma vez, assim aumentando o replay do jogo.
Então é isso. Bayonetta é um ótimo jogo pra quem gosta de Hack'n Slash, superando até Devil May Cry(minha opinião), que ninguém pode perder a chance de jogar.


Ultimas palavras?



7 comentários:

  1. Esse jogo é muito violento !

    Boa nota !

    ResponderExcluir
  2. qual plataforma do jogo?

    ResponderExcluir
  3. Esse game em si não me interessa, mas como reviews são sempre bem vindas, estou te seguindo. :) Se quiser, passa no meu.

    ResponderExcluir
  4. não achei o jogo muito violento não tem franquias bem + violentas esse jogo tem até um toque de comédia no meio dos combos, se você parar para reparar se vai ver q ela não bate somente, ela humilha os pobres coitados dos "anjos"

    ResponderExcluir
  5. Ah será q ele é melhor que DMC mesmo?
    Se bem que eu já joguei os 4 da serie ... esse ultimo foi ridiculo de facil, comprei Bayoneta, mais aind anão tive tempo pra jogar, espero que esse jogo seja isso tudo ai mesmo . . . To jogando Darksiders no momento, mais ta chato :P, queria mesmo era o God of war pro X box 360!

    http://pensandobem2010.blogspot.com

    ResponderExcluir